Como baixar vídeos 1080 Full Hd do youtube e editar no Cinelerra


1 – pelo complemento do Firefox download Helper
(mas aqui o programa baixa em qualidade Medium)


2 – pelo complemento do Firefox Flash Video Downloader -
que promete baixar em 1080 = Full HD


Clique na fecha azul = vão aparecer as opções de download.
A opção 1080 é a primeira.
- Problema 1 = não é possível ver o andamento do download. Para conferir você precisa checar na pasta Download se o arquivo já baixou inteiro (conforme o tamanho acusado pelo Flash Vido Downloader).
- Problema 2 – para baixar em 1080 o programa separa o áudio e vídeo. Tentei juntar os 2 no Openshot e exportar em mp4(h264).

Se baixar em HD = áudio e vídeo vem junto num só arquivo.


Conclusões:

- melhor resultado = vídeo baixado no Flash Video Downloader em Full HD (1080) + unido áudio e vídeo no Openshot e exportado em mp4(h264)

- bom resultado = vídeo baixado no Flash Video Downloader em HD

- menos bom = vídeo baixado pelo download helper em mp4 (Medium)


Observação – converter o vídeo pelo Winff em mov para poder editar no Cinelerra!


Winff = converter vídeos para mov


Converter para mov com o Winff


Com o Winff você converte arquivos MXF e m2t em mov com 2 pistas de áudio.

Para isso use o preset do Winff = DnxHD (HD editing)


Veja como instalar o preset no Winff aqui:

 http://edicaodevideoprofissionalcomubuntu.blogspot.com.br/2012/05/como-converter-videos-hdv-no-winff.html

FFmpeg: como converter vídeos para mov



Com este comando abaixo se une um arquivo de vídeo m2v com um arquivo de áudio wav com 2 ou 4 pistas = porém o resultado é um arquivo mov com só 2 pistas de áudio:

ffmpeg -i 1.m2v -i 1.wav -qscale 0 -acodec mp2 -ab 384k -ar 48000 -ac 2 1.mov


Observação = para transformar seu arquivo MXF em MOV basta renomear o arquivo. Se o arquivo  em MXF tiver 4 pistas de áudio continuará com as 4 pistas em MOV.

FFmpeg: como unir vídeo e áudio Full HD em arquivos MXF XDCAM HD422

Para enviar vídeos para a TV brasileira no padrão MXF XDCAM HD422:

- edite o vídeo no Cinelerra com 4 pistas de áudio:
http://edicaodevideoprofissionalcomubuntu.blogspot.com.br/2014/11/cinelerra-como-renderizar-videos-com-4.html
Você terá as trilhas de áudio em wav (1.wav) e o vídeo em m2v (1.m2v).

- instale o programa FFmpeg

- abra o terminal.

- copie e cole a linha de código à seguir = linha de código completa



ffmpeg -i 1.m2v -i 1.wav -map 0:0 -map 1:0 -map_channel 1.0.0:1.1 -pix_fmt yuv422p -vcodec mpeg2video -non_linear_quant 1 -flags +ildct+ilme -top 1 -dc 10 -intra_vlc 1 -qmax 3 -lmin "1*QP2LAMBDA" -vtag xd5c -rc_max_vbv_use 1 -rc_min_vbv_use 1 -g 12 -b:v 50000k -minrate 50000k -maxrate 50000k -bufsize 8000k -acodec pcm_s16le -ar 48000 -bf 2 -ac 4 -f mxf 1.mxf

- dê Enter

- o vídeo e o áudio serão unidos = e o resultado será um vídeo MXF XDCAM HD422.

- esse vídeo não é reconhecido pelo Cinelerra. Mas está com 4 pistas de áudio. Para se certificar que as 4 pistas de áudio estão aí basta importar o arquivo no programa Audacity = ele mostrará as 4 pistas de áudio


- Observação1: testamos também a linha de código simples modificada e deu certo (vídeo MXF com 4 pistas de áudio)


ffmpeg -i 1.m2v -i 1.wav -qscale 0 -acodec pcm_s16le -ab 384k -ar 48000 -ac 4 1.mxf
Nesse caso o vídeo ficou menor = metade do tamanho do vídeo MXF com a linha de código completa do início do arquivo

- Observação 2 = para modificar o vídeo MXF para MOV basta renomear o arquivo


Cinelerra: como renderizar vídeos com 4 canais de audio

- Trilhas de áudio = as trilhas que você trabalha no seu projeto de edição.
Por padrão o Cinelerra sempre abre com 2 trilhas de áudio.
Mas você pode acrescentar quantas trilhas quiser na edição do seu vídeo.

- Canais de áudio = são os canais de áudio do seu vídeo depois de renderizado.
Por padrão o Cinelerra renderiza vídeo com 2 canais de áudio.

Para renderizar vídeos com 4 canais de áudio faça assim:

- Clique em Configurações + Formato

- na tela que se abrirá selecione o número 4 em Canais


Agora toda vez que você renderizar seu vídeo ele terá 4 canais de áudio.

Importante:

- esse recurso é muito útil para renderizar arquivos que serão convertidos pelo FFmpeg em MXF XDCAM HD422 - com 4 canais de áudio

- caso você resolva renderizar vídeos com 2 canais de áudio - por exemplo em m2v ou m2t - será preciso voltar a configuração dos Canais para 2

- caso você renderize um projeto com apenas 2 trilhas de áudio - mas com 4 canais - você terá:
                  - 2 canais com o áudio das trilhas
                  - 2 canais em silêncio

- caso você renderize um projeto com 6 trilhas de áudio = o video renderizado terá 4 canais de áudio. Porém notamos que os 2 primeiros canais concentram as trilhas 1-2-3-4 enquanto os outros 2 canais concentram as trilhas 5-6

- Caso você tenha mais de 4 trilhas de áudio na renderização - nesse exemplo 8 trilhas -  os seus canais de áudio ficarão assim:

                - canal 1 e 2 = trilhas 1-2-5-6 mixadas
                - canal 3 e 4 = trilhas 3-4-7-8




Iluminadores de LED para filmagem

Está ficando mais prático e mais barato iluminar seus vídeos e fotos.
A grande novidade são os iluminadores de LED.
Há alguns anos no mercado os iluminadores de LED quando surgiram eram bem caros.
Hoje os iluminadores LED estão barateando cada vez mais - e há várias marcas que você pode escolher.
Tenha em mente que um bom iluminador de LED precisa no mínimo:

- usar pilhas AA ou baterias panasonic ou baterias sony = ou seja: precisa te dar essas 3 opções de alimentação. Essa opção é ótima para externas pois te dá mais mobilidade sem estar preso a fios

- uma entrada para corrente contínua DC = assim você poderá alimenta-lo com um adaptador. Se o iluminador LED não tiver essa entrada será preciso você usar o adaptador da filmadora para poder liga-lo na tomada.
Essa opção é especialmente vantajosa para usar o iluminador LED no estúdio

- um adaptador para colocar o iluminador na filmadora ou máquina fotográfica = até onde apurei nas pesquisas todos os iluminadores tem esse adaptador

- um adaptador para colocar o iluminador LED no tripé. A maioria dos modelos não tem mas você pode adquirir no Mercado Livre por 5 reais

- lente difusora e lente âmbar

- 160 LEDs = foi a melhor configuração do iluminador LED que conseguimos. Acima disto os iluminadores atuais não trabalham com pilhas AA. Abaixo disso você pode perder em iluminação

- dimer para controlar a intensidade da luz

- medidor de carga de bateria = para você não ficar na mão no meio da filmagem porque a bateria acabou

Dá pra você fazer uma iluminação de 3 pontos com os iluminadores LED. A iluminação sai muito boa como vemos nesse vídeo com o Fernando da Foco Filmes:



O resultado do vídeo acima fala por si só.
No vídeo não foi possível ver a marca que o Fernando está usando.
Então depois de pesquisar muito chegamos a algumas conclusões:

- Iluminador Led Light Triopo TTV 160





No momento da pesquisa encontramos esse iluminador aqui no Dia Filme:
http://www.diafilme.com.br/d/1050/para+video+dslr+e+filmadora


 
- Também encontramos o Iluminador Sun Gun de 160 Leds da World View:






 No momento da pesquisa esse iluminador com 160 LEDs se encontrava no site do próprio fabricante:
http://www.worldview.com.br/home/produto/codigo:5868/iluminador-sun-gun-de-160-leds

Interessante que pesquidando um pouco mais achamos o mesmo iluminador um pouco mais barato em outro site.


- Depois achamos uma opção genérica mais barata conhecida como iluminador LED Sun Gun CN 160.
Interessante que a diferença de preço nesse caso é grande caindo o preço pela metade dos exemplos acima.
O iluminador LED CN 160 pode ser facilmente encontrado no Mercado Livre:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-589773151-iluminador-sun-gun-profissional-cn-160-leds-p-foto-e-video-_JM



- Outra marca: Yongnuo 160 LEDs
O preço dele regula com o iluminador Triopo 160 leds.
Nós o encontramos mais barato nessa loja:
http://loja.kcshop.com.br/ecommerce_site/index.php?zt=1&cdg=3870



- Resultado dos testes de luminosidade

Nos testes de luminosidade que realizamos:

- CN 160 = foi o iluminador mais escuro que testamos. Resultado: devolvemos a compra.

- Tripo 160 = um bom iluminador, com luminosidade muito boa.
Testamos o Triopo 160 x um refletor de jardim de 150 watts (que usamos aqui no blog para fazer o chorma perfeito).
Resultado = a luz do Triopo 160 praticamente se equivale ao refletor de 150 w.
Detalhe muito importante: o iluminador a LED não gera calor.

- Yongnuo 160 leds + um bom iluminador com luminosidade 10% maior do que o Triopo 160 leds.
A sapata do Yongnuo tem o encaixe de metal - mais resistente do que a sapata do Triopo que é de plástico.
Suas aletas permitem certo direcionamento de luz e já possui encaixe direto para tripé.


- Suporte para encaixar o Triopo 160 em tripés: encontrado no Mercado Livre e na loja virtual Lucas Lapa:





- Esses iluminadores LED você instala na sapata da própria filmadora ou máquina fotográfica.
Mas se resolver fazer uma iluminação de 3 pontos vai precisar de um tripé.
Pensamos em tripés simples já que o iluminador LED é leve:


http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-586970820-tripe-p-iluminaco-280-metros-pino-fixo-flash-e-iluminador-_JM

Essa é apenas uma das opções de tripé - no caso com 2,80 metros - disponíveis a preço bom, fáceis de transportar pra todo lugar.

Vimos também iluminadores LED bem mais caros - de 800 a 1200 reais, mais compactos (com menos LEDs) que produziam mais luz.
Ficamos com as 3 opções de cima variando de 350 reais à 168.

Para chroma key podemos usar 5 destes de 160 LEDs e caso resolvido.
Importante: os LEDs não geram calor = é praticamente luz fria no estúdio e nas externas.


Como editar vídeos de formatos diferentes no Cinelerra

Como juntar vídeos Full HD com outros formatos no Cinelerra?


 1 - Se o vídeo da máquina fotográfica não está em Full HD converta o vídeo para este formato.
Para isso use o programa DeVeDe - que colocará tarjas pretas e ampliará o vídeo para o tamanho full HD.
Tenha em mente que a ampliação da imagem - de uma imagem pequena para Full HD - fará o vídeo perder um pouco de nitidez.

O vídeo ficará com barras pretas laterais ou horizontais.
Veja como aqui:

http://edicaodevideoprofissionalcomubuntu.blogspot.com.br/2013/05/como-autorar-dvds-com-videos-em-43-e-129.html


2 - O DeVeDe gerou um arquivo AVI - que não é aceito pelo Cinelerra.
Converta o vídeo usando o Winff.

Use o preset HD editing - com codec DNxHD.
Veja como instalar o HD editing no Winff no nosso link:
http://edicaodevideoprofissionalcomubuntu.blogspot.com.br/2012/05/como-converter-videos-hdv-no-winff.html
O arquivo exportado será em formato mov com codex DNxHD = aceito pelo Cinelerra.

3 - Depois disso é só importar todos os vídeos para o Cinelerra.
Alguns vídeos podem vir com o áudio mono. Será necessário duplicar a pista de áudio.

4 - edite e renderize o trabalho. Exporte o vídeo separado do áudio e depois junte-os.
Siga esse tutorial:
http://edicaodevideoprofissionalcomubuntu.blogspot.com.br/2012/03/como-editar-videos-avchd-no-cinelerra.html

Pronto! Você acaba de juntar vídeos de diversos tamanhos e tipos de câmeras diferentes!




XDCam no Ubuntu

Como editar XDCam no Ubuntu?


Situação A - Cinelerra instalado no Ubuntu

1º - O Cinelerra não aceita vídeos AVCHD para edição direta. É preciso converte-los para editar - como explicado aqui neste blog

2º - o Cinelerra aceita vídeos XDCam para editar, sem conversão
Veja mais formatos aceitos pelo Cinelerra em:

http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_video_editing_software

http://video-editing.findthebest.com/compare/22-104/Heroine-Virtual-Cinelerra-vs-Sony-Vegas-Pro

O problema será a saída: o CInelerra exporta áudio e vídeo em alta definição separadamente - e depois você tem que junta-los usando o programa ffmpeg, conforme explicado aqui no blog



Situação B - edição totalmente em XDCam




O ideal é que o programa receba o vídeo XDCam + edite + renderize XDCam.

A solução encontrada é o programa Lightworks - muito usado em Hollywood para edição e disponível também para Ubuntu.

O Lightworks aceita vídeo XDCam sem conversão + faz edição + renderiza o vídeo em XDCam.

Na versão gratuita o programa só renderiza em formato para web.
Para renderizar em XDCam será preciso licenciar o programa - e a licença custa muito mais barato do que a do Vegas ou Premiére.

Veja mais sobre o Lightworks:

http://www.lwks.com/

Visão geral
http://www.lwks.com/index.php?option=com_content&view=article&id=98&Itemid=209


Especificações técnicas - o Lightworks funciona em computadores 64 bits
http://www.lwks.com/index.php?option=com_content&view=article&id=100&Itemid=211

Comparando os recursos das versões gratuita e paga
http://www.lwks.com/index.php?option=com_content&view=article&id=102&Itemid=213

Já existem videoaulas do Lightworks em português - e muito material em inglês.




Balanço de branco


A primeira vez que ouvi essa expressão em fotografia estranhei. O que um branco balançando tem a ver com a foto?, pensei. E não dei muita importância ao balanço.
Depois vi a mesma expressão no manual da câmera de vídeo que comprei. E estranhei de novo. Até achei o termo meio racista. Porque não colocar balanço do índio, balanço da morena ou balanço da raça? E de novo não dei importância ao balanço do branco.
E tudo ia bem enquanto eu fotografa e filmava externas. Equipamento novo, imagens bonitas com boa resolução e cores fieis ao que fotografei/filmei.
Foi então que eu resolvi filmar o aniversário da minha sobrinha. Tempos de economia de luz, as lâmpadas de tungstênio sendo trocadas por lâmpadas frias para economizar energia elétrica.
O aniversário correu solto, muita filmagem daqui e de lá, só alegria. Até a hora que eu resolvi passar a filmagem na TV pra todo mundo ver. Foi aquele silêncio. Não porque a imagem estivesse maravilhosa ou as tomadas fossem cinematográficas. Mas porque a imagem estava verde-azulada, horrível, sem vida, totalmente diferente do que tinha sido.
Minha sobrinha balbuciou alguma coisa como “eu estou verde” e saiu da sala chorando.
Muito chateado com minha filmadora nova fiquei entre joga-la no chão ou estudar de novo o manual. Acabei resolvendo estudar o manual - que era a opção mais econômica...
Daí eu descobri que foi o balanço de branco (e não do branco) que me derrubou.
Eu sempre tinha sido avesso a fazer ajustes manuais - e deixava a câmera e a filmadora no automático. Mas agora não tinha jeito: tinha que ser no manual se eu quisesse filmar/fotografar direito.
Para você não passar por uma experiência desastrosa como a minha faça assim:
- procure no manual como acessar a opção Balanço de branco na sua câmera ou filmadora
- carregue com você sempre um cartão branco - pode ser uma cartolina branca dobrada em 4. Na falta do cartão use a camiseta da cunhada ou a calça do primo
- aponte a sua câmera para o cartão ou superfície branca e aperte o botão balanço de branco
- aguarde até que seu equipamento faça o balanço.
- note que no caso de uma imagem verde-azulada por causa da luz fria o cartão branco também terá a mesma cor. Quando você apertar o botão balanço de branco sua câmera fará o ajuste automático - e o cartão ficará branco.
A correção está feita! Você acabou de ensinar pra sua câmera que aquela superfície é branca. Então a filmadora ou a câmera registrarão todas as imagens com absoluta fidelidade - sem deformar as cores.
É importante saber: se você mudar de ambiente para uma iluminação diferente (luz do dia, luz do sol misturado com lâmpada fria, lâmpada de tungstênio, etc) terá que fazer o balanço de branco outra vez. Assim você garante a fidelidade da cor capturada pelo seu equipamento.
Então agora que você já sabe que balanço de branco não é uma dança mas sim um recurso do seu equipamento capriche mais na próxima filmagem/fotografia.