Fazendo Vídeo Profissional no Ubuntu

Para montar uma ilha de edição gratuita no seu computador você precisa usar linux Ubuntu.
Testamos com a versão do Ubuntu 10.10 e os resultados foram muito bons.

Primeiro instale o Ubuntu no seu computador. O sistema operacional é simples de instalar. A instalação é intuitiva e você encontra videoaulas de como instalar o Ubuntu no youtube.
Instalar programas no Ubuntu é mais fácil que no windows. Através da Central de Programas do Ubuntu você acessa a maioria dos programas disponíveis para o Ubuntu. O que não estiver na Central de Programas está no Synaptic. (menos o Cinelerra - que precisa ser instalado via Terminal como mostram as videoaulas disponíveis no youtube).
Com um só clique o Ubuntu baixa para você o programa e todos os pacotes necessários para o programa rodar - e ainda instala tudo pra você.
O Ubuntu é bem mais leve do que o windows. E mais prático também.


Observação: Se você não quiser se dar o trabalho de baixar programas - ou não souber como faze-lo - recomendo usar o ArtistX que já vem com 2500 programas instalados. Você baixa 3,3 gigas e tem tudo num único DVD. Para saber mais procure informações nesse mesmo blog.

Observação 2 - instalar programas no Ubuntu é FÁCIL. Há videoaulas e tutoriais aos montes no google mostrando como fazer isso. Na hora em que você acostumar verá que é mais fácil do que no windows.

Depois instale os seguintes programas:

- edição de vídeo: Cinelerra e Openshot




- conversão de vídeo: WinFF. O Cinelerra ainda não trabalha com o formato AVCHD. Para editar esse tipo de imagem no Cinelerra será preciso converter o arquivo usando o WinFF.
Lembrando que o Openshot edita AVCHD e exporta em vários formatos HDV sem precisar de nenhuma conversão.



- tratamento de áudio: Audacity



- animação: Synfig



- autoração de DVD: DVD Styler



- arte da capa do DVD: Inkscape (desenho vetorial) e Gimp (tratamento de fotos)




- gravação de DVDs: K3B



Dessa forma usando Ubuntu no seu PC você faz edição de vídeo profissional.
Detalhe: o Ubuntu usa sua placa mãe sem exigir placa de som ou de vídeo. Se você tiver = bom; Mas se o seu PC ou laptop for comum ainda assim você poderá fazer edição profissional no Ubuntu usando esses programas.

Dica: como o Ubuntu é hoje um dos linux mais usados no Brasil e no mundo você encontra muito material sobre ele no google e no youtube.
É possível encontrar várias videoaulas no youtube sobre cada um dos programas acima, ensinando desde como instalar até como operar cada programa.
Foi por isso que depois de pesquisar várias distribuições linux escolhemos o Ubuntu = sistema estável + sem vírus + fácil de operar + grátis + ampla rede de informações na net (videoaulas, tutoriais, foruns de apoio, etc).

Não se esqueça que em linux todos os programas são grátis = não há pirataria.
Edite com sua consciência tranquila! E usando o melhor da tecnologia linux para edição.

Linux = você livre!

(Veja como ficou nossa Área de Trabalho)


Entre para o grupo ArtistX e receba gratuitamente notícias sobre Edição de vídeo no linux:

Assinar artistx


Desenvolvido por br.groups.yahoo.com

5 comentários:

  1. Hoje o Openshot 1.4 já edita AVCHD e HDV com perfeição!
    Para saber mais leia este outro artigo no blog:
    http://estudioemiliocarlos.blogspot.com/2012/01/como-editar-avchd-no-linux.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Danton tudo bem me chamo Giles e estou entrando num tipo de trabalho de tudo que existe diferente dos outros também.

    Eu só queria que vc mostrasse SCREENSHOTS ou vídeo aulas de como renderizar no CINERELLA,OPEN SHOT E KDEN LIVE no linux em FORMATO BLUE RAY 1920X1080i e DVD 720X480 NTSC.

    Gostaria de te pedir isso por favor sendo que minha filmadora FILMA EM 1920 X 1080i, como importar e exportar nesses programas com resolução perfeita e máxima, me ajuda amigo.

    Giles
    Saúde e Paz

    ResponderExcluir
  3. Giles:

    Para renderizar no Cinelerra clique na linha do tempo em Arquivo - renderizar.
    Ou aperte a tecla Shift, segure e tecle a tecla r.
    Aí você vai ver a tela de renderização.

    Você vai precisar ler os artigos da página inicial deste blog para programar o Cinelerra para aceitar o 1920x1080, e depois para renderizar separado o vídeo do áudio; e finalmente para juntar vídeo e áudio pelo terminal.
    Os tutoriais estão bem explicados aqui no blog.

    No caso do Openshot é ainda mais intuitivo.
    Abra o Openshot + clique em Arquivo e em Preferências. Clique na aba Perfis e escolha o perfil que você quiser.
    Na hora de exportar no Openshot:
    clique em Arquivo - exportar vídeo.
    Ou mais simplesmente clique no botão vermelho que está na parte de cima do lado esquerdo da tela.
    Vai se abrir a tela de renderização - ou Exportar Vídeo.
    Você deverá escolher o perfil Blu-ray e escolher o Perfil do Vídeo adequado.
    Escolha qualidade alta e clique em exportar vídeo.

    No Kdenlive ainda estou fazendo testes com a renderização em HDV.

    Sucesso.

    ResponderExcluir
  4. Caro Danton Renato,
    Pesquisando sobre AVC HD na internet encontrei seu site e gostaria de deixar aqui alguns comentários sobre a filmadora full HD da Sony, a HDR-CX220 (1920 x 1080) que comprei recentemente. Depois de experimentar por alguns dias posso dizer: é uma porcaria. A filmagem é cheia de serrilhados, travamentos e em condições de baixa iluminação a imagem é muito granulada. A recomendação da Sony para esta câmera é passar o filme direto para a TV LCD, alta definição, e se gravar em disco, fazê-lo somente em blue-ray, acoplado a um computador de ALTÍSSIMO desempenho. Mesmo o MP4 (baixa definição) da câmera é ruim. Tenho uma outra Sony, de baixa definição, a DCR-SX43 que é melhor, apesar da imagem ser bem menor (720 x 480). Mesmo profissionais de filmagem, falam na Web destas péssimas imagens das câmeras deste tipo.
    Vi gravações de filmagens feitas em câmeras fotográficas Sony, em que a imagem é bem superior à desta camcorder. Talvez a filmadora Samsung tenha uma imagem de boa qualidade, por usar outros tipos de arquivos.
    No site para profissionais da edição de filmes (filmagens de eventos) http://olharmultimidiatec.blogspot.com.br/ Marcelo Ruiz, responsável pelo site sugere que a melhor opção é fazer a cópia da saída analógica da câmera, para um gravador digital, através de uma placa de captura de sinais de vídeo, como ainda é feito hoje para passar vídeos das antigas fitas para o DVD ou blue-ray. Ou seja, a câmera é um retrocesso.
    Grato pela atenção

    ResponderExcluir
  5. Grato por repartir esssa experiência com os visitantes e membros do nosso blog! Ainda dá tempo de desistir dessa filmadora e trocar por outra?

    ResponderExcluir

Os comentários passam pela Moderação antes da publicação.