Tutorial Como fazer Chroma key - parte 5

Importante:

1 – A tela azul deve estar iluminada de maneira uniforme, sem manchas

2 – o tecido precisa ser fosco = para evitar reflexos

3 – Evite sombras na tela azul. Para isso coloque o ator a 1,5 de distância da tela e regule a iluminação = a sombra so ator não deve incidir na tela.
Observação – às vezes pode ser interessante ter sombra

4 – Cuidado para não estabelecer uma “iluminação padrão” demais! Um ator bem iluminado com o esquema de luz da TV Criança (que é nitidamente no Estúdio) pode estar mal iluminado para uma tomada de externa à noite.
Ou seja: a iluminação do Estúdio tem que acompanhar o tipo de iluminação que será inserido através do chroma – levando em conta direção da fonte de luz principal, temperatura de luz, etc.

Soluções vistas até aqui:
a – trabalhar a iluminação para ficar próxima do ambiente que vai no chroma
b – na edição tratar as imagens do ator e do cenário para aproximar a tonalidade dos dois. Porém observe sempre a solução a para melhorar a chance disso dar certo

5 – Não esqueça do balanço de branco.

6 – A cor do fundo não pode estar nas roupas ou no personagem (a não ser que seja esta a idéia para se criar um efeito de transparência ou invisibilidade).

7 – O fundo azul pode trazer problemas com a luz do sol – a temperatura do luz do sol tende para o azul. Um ator no fundo azul que receber luz do sol pode ficar transparente no efeito chroma. Isole bem o Estúdio para que o ator receba só a iluminação dos refletores.

8 – às vezes você pode ter que usar duas cores para a tela do chroma. Por exemplo: no filme Homem-aranha o herói era filmado contra o fundo verde, mas o duende-verde era filmado contra um fundo azul.

9 – A iluminação para chroma vista aqui segue alguns princípios básicos de iluminação no set de filmagem.
Sempre se deve iluminar o ator separado do fundo para dar profundidade de campo.
Luz de recorte também é útil para isso.
E é essa técnica que está sendo usada para o chroma, via de regra.
Só que, ao invés de iluminarmos o cenário, estamos iluminando a tela azul.

10 – A luz do ator não deve vazar para a tela. Para regular isso mexa no ângulo do refletor ou use flaps e bardoors.

11 – Manter o ator longe da tela evita que a luz refletida pela tela incida no ator. A luz que a tela reflete no ator dificulta o efeito chroma. Cria-se um halo em torno do ator na cor da tela.

12 – Não se deve usar para o fundo refletores com faixa de luz concentrada. Para iluminar de maneira uniforme suavize os fachos de luz = use gelatinas ou softboxes (veja na video-aula “Indiana Jones na garagem”.

13 – A contra-luz – atrás do ator – é mais intensa que a luz refletida pela tela. Isso ajuda a prevenir o “halo” em volta do ator.

14 – A contra-luz fica atrás e acima da cabeça do ator, iluminando suas roupas e cabelos por trás.

15 – Cuidado com o reflexo da luz do piso! O piso deve ser da cor da tela – ou pelo menos fosco para evitar o reflexo no ator e prejudicar o chroma.

16 – Pode se usar praticamente qualquer cor no fundo. Mas se evita o vermelho por estar presente na pele dos atores.

17 – Cuidado com os fios de cabelo soltos. Em alguns programas eles prejudicam o recorte. Nesse caso use algum tipo de gel para fixar os fios de cabelo.

18 – Uma forma de ajudar no recorte é a cor do cenário. Observei que cenários coloridos disfarçam bem o halo – sobretudo quando contém tons verdes. Cenários em movimento também “resolvem” porque distraem a atenção do espectador para o movimento. Isso funciona quando o ator não tem tanto movimento (por exemplo: um apresentador).
19 – Câmeras mini-dv de baixa resolução podem apresentar defeitos no recorte do chroma – o recorte fica serrilhado. Uma alternativa é editar o chroma várias vezes modificando ligeiramente a tonalidade escolhida a cada vez.

20 – Para resolver o problema 19 pode ser usado o lumakey = pesquisar!

21 – Dica: desligue as luzes do fundo enquanto ajusta a luz da frente = para ver se as luzes da frente vazam para o fundo.

22 – Idéia: a contra-luz (atrás do ator) pode usar uma gelatina de cor âmbar.

Entre para o grupo ArtistX e receba gratuitamente notícias sobre Edição de vídeo no linux:

Assinar artistx


Desenvolvido por br.groups.yahoo.com

7 comentários:

  1. Meu chroma key editado no adobe premiere pro 2.0 está muito serrilhado.
    Uso uma sony vx-2000 captura direto no pc.
    como acha que posso melhorar esse serrilhado?

    ResponderExcluir
  2. Olá TV:

    2 coisas podem estar causando o serrilhado:

    - iluminação insuficiente na luz de recorte (que fica ilumina o motivo por traś)
    - filmadora mini-dv com baixa resolução também pode causar esse problema.

    Sugestões:

    - Certifique-se de manter o modelo longe da tela azul ou verde (se possível de 1,20m a 1,50m).
    - Ilumine melhor = que a luz de recorte ilumine o modelo uniformemente (cabelos e ombros, no caso de um ator ou atriz).
    - Tente também aplicar mais vezes o efeito chroma no mesmo vídeo (no cinelerra isso é possível).

    ResponderExcluir
  3. eu posso usar aqueles refletores com lampada halogena para fazer croma key? a luz dessas lampadas são amareladas sera que pode dar trabalho para edição?

    ResponderExcluir
  4. Alberto: você pode usar refletores com lâmpadas halógenas sim. Foi o que nós usamos.
    Para não ficar com a imagem amarelada basta "bater o branco" na filmadora antes de começar a filmar.
    Usando o balanço de branco você corrige o amarelado da iluminação.
    Para isso segure uma folha em branco na cena em que você vai filmar (pode ser qualquer objeto branco que você tiver à mão). Enquadre o objeto branco totalmente com sua filmadora e bata o branco. Pronto: você acaba de ensinar à sua filmadora que aquela cor - que você vê amarelada - na verdade é branco. Daí pode filmar tranquilamente.

    ResponderExcluir
  5. Alô TV Lokal:

    Pode ser que o serrilhado tenha a ver também com a sua regulagem no efeito chroma.
    Nos testes do Cinelerra foi a regulagem do chroma que causou problemas no resultado final. Daí regulamos melhor o efeito chroma e o cinelerra deu um grande resultado.
    Outra coisa: usamos no Cinelerra um pouco do efeito de desfoque para eliminar o problema das bordas. Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Como assim "bata o branco"? Que procedimento é esse?

    ResponderExcluir
  7. Marcelo:

    "Bater o branco" é o mesmo que dizer "ajustar o balanço de branco".
    Todas as filmadoras profissionais e semi-profissionais, e várias filmadoras domésticas tem o ajuste do balanço de branco.
    "Bater o branco" é um procedimento que "ensina" à filmadora que cor é o branco.
    Isso é muito útil para evitar cores distorcidas na filmagem. Exemplo: filmando com lâmpadas halôgenas a tendência é que as cores apareçam amareladas no vídeo.
    Mas se você bater o branco a filmagem terá cores normais.
    Para bater o branco você precisa de uma superfície branca (exemplo: uma folha de sulfite. Até uma camiseta branca no corpo de alguém serve).
    Enquadre com a filmadora a superfície branca. Ajuste o zoom de forma que a lente só "veja" a superfície branca.
    Daí você ajusta o balanço de branco - ou seja: "bate o branco". Para fazer esse ajuste consulte o manual da sua filmadora.
    É importante dizer que depois que você dominar o balanço de branco poderá usa-lo para efeitos especiais. Que tal ao invés de bater o branco bater o azul e ver o resultado. É experimentar pra ver.

    ResponderExcluir

Os comentários passam pela Moderação antes da publicação.